home | tech | misc | code | bookmarks (broken) | contact | README


Dicionário pessoal de LIBRAS

Este é um dicionário especial de LIBRAS de acordo com minhas observações de surdos nas regiões entre São Paulo e a região do ABC. Ou seja, é uma das inúmeras variações de LIBRAS no território brasileiro.

Minha motivação surgiu da deficiência de alguns dicionários disponíveis na internet, que exibiam sinais de LIBRAS ditos oficiais, sem conseguir agregar as regionalidades (o que, penso, é impossível, dado a enorme variedade de LIBRAS). Um dos dicionários que utilizei é este.


abraço
Duas mãos. Mãos em "s". Braços cruzam-se. Cada mão bate no ombro oposto.
abril
Uma mão. Mão em "a". Encosta no pescoço e afasta-se, para cima. Analogia ao enforcamento de Tiradentes.
abrir
Duas mãos, normalmente. Depende do que se abre. Os gestos são bem icônicos. Abrir um zíper. Abrir uma janela. Abrir uma gaveta. Por exemplo, uma porta: manter as duas mãos levantadas, abertas, mas com dedos juntos. Mãos juntas como uma porta. Uma das mãos afasta-se da primeira e gira 180 graus, como uma porta que abre. Se a porta for de correr, elas simplesmente afastam-se.
acontece
Uma mão. Mão em formato de concha, aberta em frente ao corpo, apontada para cima. Sobe girando rapidamente.
adaptar
Duas mãos. Mãos em "s", juntas, como em "junto". Com o eixo no pulso, mover uma para frente e outra para trás, alternadamente, repetidamente.
adaptado
= "adaptar".
adjetivo
Duas mãos. Mão em "s" com os dedos para baixo. Outra mão em "x", puxa o indicador por cima da outra mão, raspando-a.
amor
Uma mão. Mão aberta, perpendicular ao peito, aproxima-se de sua parte esquerda. Ao encostar indicador e polegar, fecha em "s".
animal
Mãos abertas a 45 graus do rosto, com a palma voltada para o rosto. Abaixam-se até a altura do peito, sem alterar a configuração de mão.
anos
Duas mãos. Mãos em "s", uma acima da outra, como se estivessem segurando um cabo de vassoura. Encostam-se. A mão de cima faz movimentos oscilantes.
antigamente
Uma mão. Estalando os dedos polegar e médio, mão vai se movendo para trás do ombro.
arrepender
Uma mão. Mão em "a", encosta no canto da testa, com os dedos voltados para dentro.
atividade (no sentido de atividade escolar)
Duas mãos. As duas mãos abertas. A primeira com a palma para cima, simulando uma folha como em "escrever" ou "texto". A outra também aberta, percorre a primeira de cima para baixo, com as palmas uma de frente para a outra, mas sem se tocarem.
avô
Uma mão. Mão em "s". Parte formada pelo polegar e indicador batem repetidamente na parte de baixo do queixo.
bala
Uma mão. Dedo indicador estendido, toca na bochecha, próximo à boca.
barato
Uma mão. Mão aberta, mas dedos juntos. Cotovelo fixo e mão levantada como se fosse cantar o hino nacional. Abaixar o antebraço 90 graus.
bisavô
Uma mão. Igual avô, mas configuração da mão como "dois".
brincar
Duas mãos. Mãos em "y". Dedos mínimos paralelos e horizontais, polegares para cima. Mãos rodam alternadamente.
Burguer King
Uma mão. Mão em "p". Encosta polegar na cabeça, ao lado da testa, com os dedos voltados para cima. A ideia é simular a "coroa" que é o símbolo da empresa.
burro (animal ou pessoa pouco inteligente)
Uma ou duas mãos. Mão aberta, mas com os dedos juntos. Encosta a palma ao lado da parte de cima da cabeça, simulando as orelhas de um burro.
cachorro
Uma mão. Mão em "c", mas com dedos não juntos. Ponta dos dedos encostam na região em volta da boca (ou seja, palma voltada para a boca).
cada (como na frase "cada dedo da mão")
Uma mão. Mesmo sinal de "só", feito várias vezes.
cansado
Duas mãos. Mãos abertas, com os dedos um pouco curvados como se fosse pegar um objeto. Dedos voltados para cima, vão do pescoço para baixo, como se estivesse segurando uma barba. A expressão facial é muito importante.
Cebolinha (Turma da Mônica)
Uma mão. Mão aberta em cima da testa com a palma voltada para com quem se fala, simulando seus cabelos.
centavos
= "c-cedilha".
chá
Duas mãos. Uma como se simulasse uma xícara (formato de "o"). A outra como um um sinal de "certo", como se segurasse um sachê de chá, movimentando para cima e para baixo na xícara.
chefe
Duas mãos. A primeira mão em "s" em frente ao corpo. A segunda mão em "y" bate repetidamente na parte de dentro (na parte formada pelo indicador e polegar da primeira.
cidade
Uma mão. Mão aberta, com os dedos fechados, mas com o polegar aberto. Mão move-se até polegar bater no meio do peito. Palma da mão para baixo.
combinar (no sentido de combinar um compromisso)
Duas mãos. Uma mão aberta, com a palma voltada para cima. A outra mão em "d". Indicador da mão em "d" bate na palma da primeira mão.
combinar (no sentido de duas coisas combinarem, como duas peças de roupa)
Duas mãos. Fechadas, mas com o indicador aberto. Um indicador apontando para o outro e a ponta dos dois tocam-se repetidamente e rapidamente.
comercial
Duas mãos. Mãos em "a". Rodam alternadamente para trás.
como
Uma mão. Mão fechada na ponta dos dedos (estes para cima). Treme rapidamente.
complicado
Duas mãos. Mãos abertas, dedos abertos. Mãos em frente ao peito. Se aproximam e cruzam os dedos.
comprar
Duas mãos. Uma mão aberta, com a palma voltada para cima. Outra mão aberta com os dedos curvados, como se fosse pegar um objeto, bate na palma da primeira. Semelhante ao sinal de "comprar".
concurso
Duas mãos. Mãos em "c", com os dedos para frente e o polegar para dentro (ou seja, "c"'s girados 90 graus, mostrados para o chão). Mãos se aproximam, fazendo o polegar de uma ficar dentro do "c" de outra. O movimento se dá fazendo se baterem, no sentido do intelocutor, repetidamente. O polegar de uma encosta com o restante dos dedos da outra e na volta os polegares se tocam, repetidamente.
confuso
Duas mãos. Mãos em "x". Cada mão em cada lado da cabeça, com os indicadores para dentro. Rotacionar em volta das temporas (mão direita em sentido horário), sem tocá-las e alternadamente (enquanto uma está atrás, outra está a frente).
continuar
= "sempre", mas parece que a mão vai mais para frente.
convidar
Duas mãos. Mãos abertas em frente ao corpo, uma em frente a outra. Vão em direção ao corpo, formando um "a", como se fizesse um movimento de puxar uma corda.
coragem
Uma mão. Totalmente aberta, com a palma para baixo. Ponta do polegar encostada no meio do peito. Vira rapidamente para cima, com ponta do polegar apontada terminando no lado oposto.
cortar (com tesoura)
Uma mão. Mão em "2". Dedos fixos, mas mão se move no sentido que corta o objeto.
cuidar
Duas mãos. Mão em formato de "s". A outra, com formato de "v", bate repetidamente no pulso primeira. Semelhante ao sinal de cuidar. = proteger.
cultura
Mão em "o" na testa, ao lado. Mão afasta-se da testa. Polegar, indicador e dedo médio são abertos progressivamente.
datilologia (alfabeto manual em LIBRAS)
Uma mão, faz movimento com se estivesse digitando em uma máquina de escrever (bem rápido), em frente ao rosto e se movendo para o lado (fora).
Dilma
Uma mão. Mão em "c", mas com o indicador estendido (semelhante, mas não igual a um "d"). Mão posicionada no olho, o "c" envolvendo o olho.
dinheiro (1)
Uma mão. Sinal igual ao de "vida", mas a ponta dos dedos é virada para baixo, não para cima.
dinheiro (2)
Uma mão. Mão fechada, mas indicador e polegar abertos. Indicador raspa repetidamente e rapidamente na parte de dentro da falange distal do polegar. Igual ao que vazem os ouvintes.
discussão
Duas mãos. Mãos em "d". Indicadores tocam-se as primeiras falanges, paralelos. Mão movimentam-se para cima e para baixo, alternadamente, batendo ponta dos indicadores. Semelhante ao sinal de "política", mas tocando-se.
divulgar
Duas mãos. Em "y". Juntas na altura do peito e se separam ligeiramente para cima e para fora.
dor
Uma mão. Mão em "f". Balança em frente ao corpo. Expressão facial equivalente.
empresa
Duas mãos. Em "s". Em frente ao peito. Balançam repetidamente, e alternadamente (enquanto uma está em cima, outra está em baixo).
energia
Uma mão. Em "y". Na altura da cabeça. Desce fazendo símbolo de "raio".
espelho
Uma mão. Mão em "b", em frente ao rosto, com a palma voltada para dentro. Balança ligeiramente como se estivesse movimentando um espelho para ver outras partes do corpo.
esperto
Uma mão. Mão em "o" na bochecha. Sai rapidamente, abrindo o polegar, indicador e dedo médio, balançando.
espírito
Uma mão. Mão aberta, mas ponta do polegar e dedo médio se tocam. A ponta desses dedos encostam no topo da cabeça.
estratégia
Duas mãos. Uma mão fechada. A outra mão em "y", raspa nas costas da primeira, indo e voltando.
evangélico
Duas mãos. Mãos em "e". Balançam em frente ao corpo, para a frente (mesmo movimento do sinal de "greve").
exercício (mental)
Uma mão aberta, na vertical, com o polegar para cima. A outra mão em "e", na vertical, com a palma voltada para frente. A mão em "e" raspa verticalmente na primeira mão.
extinção
= "sumir".
família
Duas mãos. Mãos em "f", juntas em frente ao rosto, com os polegares encostados. Afastam-se e formam um círculo horizontal, encostando dedos mínimos ao encontrarem-se. Semelhante a outros sinais que indicam "grupo", mas com a configuração das mãos em "f".
faz tempo
Estala dedo médio e polegar. Movimento para trás do ombro.
fechar
Gesto ao contrário de "abrir".
Ferraz de Vasconcelos
= "fórmula".
festa
Duas mãos. Mãos em "y". Movem-se rapidamente de baixo para cima, no eixo dos ombros.
fingir
Duas mãos. Uma mão aberta, com os dedos voltados para frente. A outra mão aberta com o dedo médio levemente deslocado dos outros. Dedo médio raspa na palma da primeira mão, em um movimento entre o dedo da primeira mão médio e o pulso, repetidamente e rapidamente.
fiscalização
Duas mãos. Mão em formato de "s". A outra sobre o pulso da primeira, com configuração de "v", balançando repetidamente. Semelhante ao sinal de cuidar.
física (disciplina de escola)
Duas mãos. As duas mãos em "f". Uma voltada para dentro e a outra voltada para fora. Juntam-se e separam-se, como percorrendo uma luneta (apontada para cima), sem perder a configuração.
floresta
Duas mãos. Mão de apoio horizontal com a palma voltada para baixo. Outra mão posiciona o cotovelo acima da mão de apoio, deixa o braço perpendicular, para cima e, no topo, a mão aberta, simulando uma árvore. Mão aberta balança e o conjunto move-se para o lado.
folha (de árvore)
Duas mãos. Uma mão com indicador para cima. Outra mão fechada, mas com o polegar e indicador abertos, cujas pontas se tocam. Ponta desses dedos tocam a ponta do primeiro indicador, como se fosse uma planta e uma folha. A segunda mão afasta-se da primeira, abrindo e fechando os dedos, desenhando uma folha no ar.
folha (de papel)
Duas mãos. Uma mão aberta com os dedos apontados para frente e a palma voltada para dentro. Outra mão em "l" bate os dedos fechados na palma da primeira.
fofoca (entre duas pessoas)
Duas mãos. Duas em "i", com os dedos voltados para dentro e dedos mínimos para cima. Dedos mínimos paralelos, se batem.
fofoca (ideia genérica)
Duas mãos. Mãos como em "cortar", à frente. Os planos formado pelos dedos indicador e médio de cada mão é paralelo ao corpo e dedos ficam paralelos ao chão. Uma mão ligeiramente à frente da outra. Dedos de cada mão abrem e fecham simultaneamente como se fosse uma tesoura.
fome
Uma ou duas mãos. Mãos abertas, mas com dedos fechados. Ponta dos dedos batem na barriga, com a palma voltada para cima.
formar-se (no sentido de colar grau)
Duas mãos. Ambas em formato de "s", separadas, a frente do corpo. Girar as mãos em sentidos opostos como se fosse torcer uma roupa molhada.
fórmula (1)
Uma mão. Mão em "f", balançando ao lado da cabeça.
fórmula (2)
Duas mãos. Mãos em "f". Juntas em frente à cabeça, separam-se desenhando um quadrado e encontrando-se em baixo.
frase
Duas mãos. Mãos em "f", juntas (polegares juntos), à frente da cabeça. Afastam-se horizontalmente.
frio
Mão em "x" com o indicador para cima e apontado para o lado. Encosta o dedo no queixo. Expressão facial de frio.
fronteira
Duas mãos. Mãos em "b", com a palma voltada para o interlocutor. Uma mantem-se fixa e o lado da outra bate repetidamente ao lado da primeira, começando da ponta dos dedos da primeira mão e vai descendo até o pulso.
futebol
Duas mãos. Mãos fechadas, com o polegar aberto e virado para cima. Encostam-se e fazem movimentos verticais alternados, raspando-se. Semelhante ao sinal de ônibus.
gelado
= "frio".
gostar
Uma mão. Mão aberta. A palma da mão encosta no peito e faz movimentos circulares, como o estivesse massageando.
gostoso (comida)
Uma mão. Mão aberta. Dedo médio encosta no queixo, abaixo e ao lado da boca (mesmo lado da mão) e percorre o queixo horizontalmente até o canto oposto do rosto (lado oposto da mão). Expressão facial equivalente.
grau
Duas mãos. Mãos fechadas, mas com os indicadores para fora, formam uma cruz à frente. Indicador horizontal move-se para cima e para baixo, como se fosse o movimento de um indicador de termômetro.
ideia
Uma mão. Toque do indicador na testa.
imaginar
Uma mão. = "sonhar", mas dedos balançam.
importante
Uma mão. Mão em "i". Em frente ao ombro. Rotaciona o braço (formando um círculo horizontal), com o cotovelo fixo.
intervalo
Duas mãos. Uma mão aberta, tipo saudação do "spock". A outra mão aberta mas com os dedos fechados. A segunda mão bate com o lado oposto ao polegar na primeira mão, no espaço formado entre os dedos médio e anular.
irmão
1. = "igual". 2. Uma mão em "i", com a palma voltada para a frente. Gira a mão formando um círculo horizontal (semelhante ao sinal de "importante", mas a palma fica sempre voltada para a frente).
junho
Duas mãos. Mãos em "u". Balançam alternadamente na frente do corpo, batendo a ponta dos dedos entre si.
juntar (em um sentido mais geral, como "juntar tudo")
Duas mãos. Mãos em "s", uma acima da outra como segurando um cabo de vassoura (como em "ano"). As duas abrem ligeiramente e fecham. Rapidamente.
legal (gíria no sentido de "interessante")
= "simpático".
lembrar
Uma mão. Mão em "v". Indicador encosta na têmpora e mão vai rapidamente um pouco para frente e volta (duas ou mais vezes), raspando na cabeça.

letras (curso universitário)

Duas mãos. Mãos em "l". Ambas à frente do corpo, com a palma voltada para fora. Ponta do indicador de uma toca a ponta do polegar da outra.
literatura
Uma mão. Mão em "l", à frente do corpo, com a palma voltada para o interlocutor. Gira em sentido horário, sempre no plano paralelo ao corpo.
lixo
Uma mão. Mão fechada, com o indicador aberto. Ponta do indicador encosta no nariz. Mão se afasta e fecha, formando um "x".
Lula
Uma mão. Mão aberta à frente do corpo, com a palma voltada para frente. Dedo mínimo dobrado.
luta
Duas mãos. Mão aberta com a palma voltada para dentro. Outra mão em "s", dá socos na palma da primeira mão.
manifestação
Duas mãos. Mãos em "s", uma acima da outra e um pouco deslocado do centro do corpo, como se estivesse segurando uma bandeira. Movimento como de marcha. Expressão facial forte.
mas
Duas mãos. Dois dedos indicadores juntos, na altura do peito. Afastam-se para baixo, na diagonal. Semelhante ao sinal de "proibido".
matemática
Duas mãos. As duas mãos abertas e com palmas voltadas para baixo. A palma de uma mão bate nas costas da outra.
médico
Duas mãos. mãos em "x", mas com os dedos um pouco mais abertos, quase formando um "c" com o indicador. À frente do corpo, a ponta de um indicador toca na falange média do indicador da outra mão, na parte de fora do dedo.
medo
Mão direita. Mesmo gesto de "só" no peito esquerdo.
metáfora
Duas mãos. Uma mão aberta, com a palma voltada para o interlocutor. A outra mão em "d". Ponta do indicador da mão em "d" toca a palma da primeira mão, em seguida sai e toda o centro das costas da primeira mão, que permanece imóvel.
meu
Mão aberta, mas com os quatro dedos juntos e o polegar separado (parecido com o sinal de "b", mas com o polegar aberto). Bate no peito.
mistura
Duas mãos. Uma mão em "m", com os dedos virados para cima. A outra mão envolve os três dedos, sobe para cima fechando enquanto o indicador abre, formando o numeral "1".
namoro
Duas mãos. Mãos abertas, à frente, paralelas entre si, com os dedos voltados para cima. Os dedos médios de ambas abaixam-se ao mesmo tempo e levantam-se, voltando a ficar paralelos com os outros, repetidamente.
namorado
= "namoro"
noivo
Igual "namoro", mas não há movimento dos dedos (dedo médio fica fixo deslocado dos outros). As mãos giram alternadamente, sempre se mantendo paralelas.
norte
Uma mão. Mão em "n", à frente do corpo. Mão sobe para a região da cabeça, mantendo a configuração.
novamente
= outro. Expressão facial mais "forçada".
novo
Uma mão. Mão em "o", abre com a ponta dos dedos apontando em uma direção, para o lado. Semelhante ao sinal de "ensinar".
número
Uma mão. Mão em "s", no canto do lado do peito, encostando o dedo mínimo no peito e deixando a parte formada pelo polegar e indicador para fora.
opinião
Uma mão. Sinal de "certo". Ponta dos dedos indicador e polegar na ponta do queixo. Mão move-se para fora.
outono
Duas mãos. Uma mão fechada com indicador voltado para cima. Outra mão aberta, com a palma na ponta do indicador. Mão aberta sai e cai levemente, como se fosse uma folha ao vento.
outro
Uma mão. Configuração da mão em "l" com o dedo polegar virado para cima. Mão gira rapidamente em 90 graus, fazendo o polegar ficar para dentro. = novamente.
pagar
Duas mãos. Uma mão aberta, com a palma voltada para cima. Outra mão em formato de "a", bate na palma da primeira. Semelhante ao sinal de "comprar".
palavra
Duas mãos. Uma mão fechada com o indicador aberto voltado para cima. A outra mão fazendo um "c" com o indicador e polegar. Da segunda mão, a ponta do indicador encosta na ponta do primeiro e o polegar encosta na base do indicador da primeira mão. O desenho resultante parece um "d" maiúsculo.
pão
Duas mãos. Sinal de "junto". Mãos abrem como se fossem quebrar um objeto que seguram (ou seja, viram para dentro enquanto abrem).
pedir
Uma mão. Mão aberta com dedos fechados em frente à boca, com palma voltada para o corpo. Aproxima a dedos da boca até tocá-la.
pegar
Uma ou duas mãos. Bem icônico, com se fosse pegar um objeto.
perto
Duas mãos. Mão fechada, mas polegar aberto. Dedos fechados batem na parte de trás (quase no pulso) da outra mão.
pistão
Duas mãos. Mãos em "s". Formação semelhante a "abraço", mas não batem no ombro. Braços cruzam-se menos e fazem movimento oscilante como um pistão.
polícia
Uma mão. Sinal de "certo". Polegar e indicador batem no ombro oposto. Dedo mínimo para fora e polegar e indicador para dentro.
policial
= "polícia"
política
Duas mãos. Mãos em "d". Em frente ao corpo, os indicadores apontam um para o outro, mas não se tocam. Movimentam-se para cima e para baixo, alternadamente. Semelhante ao sinal de "discussão", mas sem se tocarem.
porco
= "ruim".
povo
Duas mãos. Ambas com configuração em "p". Mãos balançam verticalmente repetidamente, mas inversamente.
preferir
Duas mãos. Ambas em sinal de "certo", em frente ao corpo e com o polegar e indicador voltados para cima. Oscilam como no sinal de "querer".
primo
Duas mãos. Mãos em "g". Polegares batem na parte do lado da barriga.
puro
Duas mãos. Uma mão fechada com as costas para cima. A outra em "p". O dedo médio da mão em "p" inicia um movimento rápido que vai do pulso da primeira para a frente, sem tocá-la. Semelhante ao sinal de "país", mas é um movimento reto, não rotativo.
praticar
Uma mão. Mão aberta, mas dedos fechados. Parte da mão oporta ao polegar raspa no outro braço, de cima para baixo, várias vezes.
preconceito
Uma mão. Bate no ombro de baixo para cima.
presença (no sentido de alguém estar presente no local)
= "vida", mas no canto do peito que é o mesmo da mão.
preto (cor para coisas)
Uma mão. Mão em "a". Encosta ponta do polegar ao lado da testa e "torce".
procurar
Duas mãos. Uma mão em "s", a outra em "p". Em frente ao corpo, a mão em "s" fica parada. Dedo mindinho da mão em "p" raspa na região formada pelo indicador e polegar da mão em "s".
programa
Duas mãos. Mãos abertas, mas com os dedos fechados. Uma mão à frente, com a palma voltada para o rosto. Outra mão perpendicular, vai batendo a parte da região do dedo mínimo na primeira, e descendo dos dedos ao pulso. Como a indicação de várias linhas em um script.
pronome
Duas mãos. Uma mão em "s". Outra mão em "n". Mão em "n" bate ligeiramente na mão em "s".
proibido
Duas mãos. Uma mão com dedo indicador na frente do peito. A outra mão (com a mesma configuração) vem e seu dedo indicador "corta" o primeiro. Semelhante ao sinal de "mas".
propriedade
= "próprio".
próprio
Duas mãos. Uma mão aberta. Palma voltada para o lado. Outra mão com configuração de "p" bate na palma da primeira.
proteger
= cuidar.
próximo
= "perto".
quando
Uma mão. Mão aberta, mas com os dedos fechados, com exceção do polegar. Palma para baixo. A mão vira e fica com a palma para cima, descrevendo um pequeno arco.
quanto
Mão em "s", com os dedos virados para cima. Vai abrindo aos poucos, a partir do dedo mínimo, enquanto se desloca lentamente para fora.
redação
Duas mãos. Igual "texto", mas a mão que faz o movimento fica com formato de "r".
repetir
= "novamente".
rua
Braço à paralelo à frente do corpo, horizontalmente. Outra mão aberta, mas com os dedos fechados. Balança em frente ao braço, com os dedos para baixo e com a palma voltada para este.
ruim
Uma mão. Aberta. Posiciona pulso no queixo, com a palma voltada para baixo e os dedos para o lado. Balança a mão.
Santo André
Uma mão. A ponta dos dedos raspa na cabeça, acima da orelha, umas duas vezes, como se estivesse colocando o cabelo comprido para trás da orelha.
São Bernardo do Campo
Uma mão. A mão faz os sinais de "s" e "b".
se
Uma mão. Configuração em "o". Transforma-se em configuração em "i" apontando para a frente, rapidamente.
sempre
Uma mão. Mào em "p". Balança rapidamente em frente ao corpo, com a ponta dos dedos indicador e médio voltada para o interlocutor.
senha
Duas mãos. Com a segunda mão, um gesto como se fosse colocar uma carta na manga, raspando no pulso da primeira.
significado
Duas mãos. Uma mão totalmente aberta. Segunda mão em "v". Ponta dos dedos da segunda mão tocam, perpendicularmente, palma da primeira mão. Em seguida saem, invertem de posição (girando a segunda mão em sentido horário) e tocam novamente a palma da primeira mão.
simpático
Uma mão. Mão toda aberta. Polegar perpendicular à palma da mão. Polegar debaixo do queixo, outros dedos na bochecha. Mão se move para frente (queixo) fechando ligeiramente.
simples
Duas mãos. Ambas em sinal de "certo". Ambas iniciam com a ponta dos quatro dedos indicadores e polegares encostados e se afastam descrevendo um pequeno arco cada uma, como se fosse desatar um laço.
Uma mão. Em frente ao corpo, segurar o dedo médio com o polegar (como na configuração da mão em "verdade"). Soltar o dedo médio fazendo-o ir para a frente.
sobrinho
Uma mão. Somente os três dedos do meio ficam abertos na mão, mas juntos (como o sinal de "3", mas juntos). Mão ao meio da testa, mas com os dedos posicionados para baixo e a palma da mão voltada para dentro.
sol
Uma mão. Mão fechada, acima da cabeça. Dedos polegar e indicador abrem, apontando para baixo, formando um "l".
sonhar
Uma mão. Mão aberta. Movimento começa na testa e sai para cima.
suar
Uma mão ou duas. Mão fechada com o indicador aberto. Indicador percorre a face de cima para baixo, como se acompanhasse as gotas de suor.
sul
Uma mão. Mão em "s" em frente ao corpo. Desce até a região da cintura, mantendo a configuração.
sumir
Duas mãos. Mãos abertas, encostam a ponta dos dedos, afastam-se e fecham conforme há o movimento. Semelhante ao sinal de noite.
tataravô
Uma mão. Igual avô, mas configuração da mão como "três" (com dedos indicador, médio e anelar).
texto
Duas mãos. Uma mão aberta, com os dedos fechados, com a palma voltada para dentro, mas inclinada, como se estivesse segurando uma prancheta. Outra mão como se estivesse segurando uma caneta, faz um movimento de cima para baixo acima da outra mão, como se estivesse fazendo um risco vertical na prancheta. Mãos estão próximas, mas não se tocam.
teu
Mão em "p". Dedo médio encostado no peito, mão avança em direção à pessoa que se fala, o dedo médio passa a apontar para ela.
transpirar
= "suar".
vaca
Uma mão. Mão em "y". Polegar ao lado da testa. Mão gira para trás, mantendo o polegar fixo e rodando o dedo mínimo.
velho
= "avô".
Vera Cruz (pavilhão em São Bernardo do Campo)
Uma mão. Mão em "c". Faz o movimento em formato de cruz em em frente ao corpo.
verão
Duas mãos. Mãos abertas. Palmas voltadas para dentro. Mãos abanando o rosto.
verbo
Duas mãos. Uma mão em "s". Outra mão em "v", bate na primeira.
verdade
Duas mãos. Uma mão totalmente aberta com a palma para cima. Outra mão aberta, com ponta do dedo médio tocando ponta do polegar. Ponta dos dedos médio e polegar batem na palma da primeira mão.
vermelho
Uma mão. Mão fechada, dedo indicador aberto. Ponta do dedo indicador toca ligeiramente lábio inferior e sai.
vestibular
Uma mão. Mão em "a". Raspa repetidamente na bochecha. Semelhante ao gesto para "mãe", mas move-se para cima e para baixo repetidamente.
veterinário
= "médico" + "animal"
vida
Mão direita com as pontas dos dedos juntas. Mão raspa em sentido vertical no canto esquerdo do peito, com a ponta dos dedos para cima.
vidro
Duas mãos. Mãos abertas, com dedos juntos. Juntas na altura do peito com palma da mão voltada para fora. Separar as duas mãos horizontalmente.
visitar
Mão em formato de "p", posicionada abaixo do olho, sai e vai em direção à pessoa que quer convidar.
voto
Duas mãos. Uma mão em "c", à frente do corpo, mas virada, com os quatro dedos (com exceção do polegar) voltados para com quem se fala. A outra mão aberta com os dedos juntos, menos o polegar. A segunda mão entra na primeira, simulando o voto em cédula em uma urna convencional.